Empório da Papinha: mãe cria negócio de sucesso pensando na alimentação saudável da filha

tempo-de-leitura Tempo de leitura: 4 minutos

Como Maria Fernanda Rizzo criou um negócio pioneiro e hoje é exemplo para outras empreendedoras

Maria Fernanda de Rizzo tem 38 anos e é mãe da Gabriela de 10 anos e da Marina de 5 meses. Ela mudou radicalmente a sua vida depois que se tornou mãe. Formada em Educação Física e atuando como professora, sempre se preocupou em manter uma alimentação saudável para a família e quando Gabriela começou a comer papinhas não encontrou uma marca que oferecesse opções saudáveis e prontas para dar para sua filha.  “Quando minha primeira filha nasceu, eu queria dar a melhor alimentação para ela e na época eu fazia questão de preparar todas as papinhas usando alimentos orgânicos. Porém, era muito difícil achar todos os ingredientes, além disso, eu tinha que conciliar o meu trabalho com os cuidados com a minha filha.”

Depois de pesquisar o mercado descobriu que no Brasil não existia nenhuma marca de alimentos orgânicos para crianças, mas nos outros países era muito comum. A partir de então ela se aprofundou no assunto e criou o Empório da Papinha, em 2009.  O Empório da Papinha é a primeira marca brasileira de alimentação orgânica infantil e  já conta com mais de 100 pontos de venda em 19 estados brasileiros.

LEIA TAMBÉM:

Mãe encontra no desejo de uma cidade melhor sua motivação para empreender

Empreender e ser mãe: como não se perder das suas prioridades

No começo da trajetória, Maria Fernanda teve muito incentivo do marido. Eles pesquisaram juntos sobre o mercado durante um ano para a criação da marca. E como toda mãe empreendedora teve que ajustar a rotina com a filha para dar conta do negócio. “Quando comecei com o Empório da Papinha, a minha filha mais velha, Gabriela, estava com 1 ano e 6 meses. Decidi colocá-la na escola durante meio período, manhã, e durante a tarde contei com uma profissional em casa que me ajudava. “

O principal desafio no início do negócio foi mostrar às mães os benefícios da alimentação orgânica para as crianças. Hoje, no entanto, essa aceitação já é mais fácil, porque as pessoas conhecem as vantagens desses produtos, embora ainda precise “educar” muitas clientes.

Cuidar da gestão de um negócio é algo que sem dúvida exige muito das mães empreendedoras. São muitas áreas diferentes para controlar e nem sempre temos facilidade em lidar com todas elas, mas empreender exige da gente uma visão do todo. Para Maria Fernanda não foi diferente mas ela venceu o desafio. E mostra como é importante conhecer suas habilidades e competências. “Gerenciar um negócio não é uma tarefa fácil e é preciso saber um pouco de tudo. De acordo com as minhas habilidades e preferências, o mais difícil foi lidar com o financeiro e a questão administrativa. Sou comunicativa e gosto mais de trabalhar com pessoa, então, a gestão de pessoas e o comercial são as áreas que mais me atraem.”

Maria Fernanda Rizzo e os produtos Empório da Papinha

A preocupação da empreendedora com a empresa fez com que a marca crescesse. Primeiro com uma loja na região de Moema em São Paulo e a partir daí com a abertura de lojas licenciadas ainda na mesma cidade e depois em outros pontos do Brasil. Seis anos depois, em 2015, os produtos do Empório da Papinha passaram a estar em lojas e mercados. No último ano a empresa faturou mais de 4 milhões de reais.

Para Maria Fernanda a melhor parte de ser mãe empreendedora é ser exemplo para suas filhas. Além disso, vê a importância de ser, segundo ela, “exemplo para outras mulheres que possuem ótimas ideias, mas tem receio de arriscar.” Já a parte mais difícil de empreender sendo mãe é ter menos tempo com a família.

À frente de um negócio de sucesso há 8 anos, Maria Fernanda acredita que o principal para que uma empreendedora atinja o sucesso é a vontade de dar certo. Para ela, a coragem e a persistência são características fundamentais e seu principal conselho para as mães empreendedoras é que se conheçam e saibam que estão diante de um desafio “Empreender é uma escolha difícil e que depende muito da personalidade de cada mulher. Por um lado, você conquista uma liberdade e por outro muitas responsabilidades. Eu não me arrependo dessa escolha que fiz!”

Gostou do artigo? Está precisando de ajuda para começar seu negócio? Quer aprender como divulgar sua empresa? Conheça as soluções para as Mães Empreendedoras:

Cursos para Mães Empreendedoras 

Soluções para Mães Empreendedoras

Envie um e-mail para mim: maria@maesempreendedoras.net.br

Sobre a autora

Maria Cristina Bernardo

 

Mãe do Guilherme, do João e da Júlia. Pedagoga, Especialista em Sustentabilidade e Gestão de Pessoas, Blogueira . Mãe empreendedora que vem enfrentando há 9 anos todos os desafios de trabalhar em casa.

 

Fonte de imagens: Divulgação

Clique aqui e receba dicas e conteúdos pra te ajudar com seu negócio e ainda conheça nossas empresas parceiras do Clube Mães Empreendedoras.

Anúncios

O que você achou? Deixe seu comentário aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s