Grávida e empreendedora (ou como conseguir dar conta de tudo com um barrigão)

tempo-de-leitura Tempo de leitura: 3  minutos

Sempre estamos falando da nossa condição e rotina de mães empreendedoras.  Mas muitas mulheres além de estarem cuidando de um filho, da casa e do negócio ainda se deparam com mais um desafio. Se descobrem grávidas!

Essa foi a novidade que tive de encarar quando descobri minha terceira gravidez em julho de 2016. Fiquei surpresa, pois não estava planejando e como sempre muito feliz de poder gerar mais uma vida. Mas junto com a felicidade claro que veio também a preocupação. Como dar conta de tudo junto com a gravidez? Já é uma loucura empreender com duas crianças, imagina com eles e um barrigão?

Agora que estou no finalzinho da gravidez ( dependendo do dia que você ler esse artigo quem sabe a Júlia, minha bebê, já até chegou) posso dizer que aprendi algumas lições importantes desse período em que estou dividindo a rotina de grávida e mãe empreendedora.

A primeira lição foi que um tempo pra gente é muito importante. Gravidez não é doença, mas sem dúvida é um período que exige muito cuidado das mulheres e deve ser respeitado. E eu que já vivi muitas dificuldades na primeira gravidez e com o nascimento do meu primeiro filho aprendi que nada vale (nem trabalho, nem família) o estresse de prejudicar sua saúde e do bebê. Sim, você pode achar que nunca dá pra tirar uns minutos pra você porque nada vai andar, mas não é verdade. Tem horas que o melhor que podemos fazer pra gente, para os filhos e até para o negócio é se dar um tempo. Algumas horas que sejam. Com um barrigão como estou agora, por exemplo, algum tempo sentada com o pé para o alto tem sido essencial pra manter a saúde física e mental em ordem. E se você se sentir mal, é hora de dar um tempo maior pra cuidar da sua saúde.

A segunda lição é que a sua produtividade pode até não ser a mesma, visto que no começo da gravidez você pode se sentir muito enjoada e no final muito cansada, mas a sua criatividade pode estar bem melhor. Apesar de tantos compromissos e até de problemas pessoais que tive que enfrentar nesse período, as horas dedicadas ao trabalho foram bastante enriquecedoras e consegui me manter cumprindo prazos e desempenhando um bom trabalho. Estudos mostram que as mães desenvolvem capacidade de negociação e de cuidar de várias coisas ao mesmo tempo, desenvolvendo mais soluções criativas, o que acaba refletindo positivamente em nossa vida profissional.

Outro ponto importante é aprender a delegar. E isso no caso das mães empreendedoras inclui delegar questões do trabalho e da família. A gravidez não é só da mulher e o pai ou mesmo outros integrantes da família podem e devem dividir as atividades nesse momento. Quem sabe não é hora de conversar pra fazer ajustes na rotina e no seu tempo de trabalho? No caso do negócio, concentre-se sempre na atividade fim e, se for o caso, pense em como distribuir as atividades de apoio seja com um sócio, com a ajuda de um familiar ou mesmo contratando alguém que preste um serviço específico para você.

A última lição e talvez e mais importante é que não é hora de adiar seus sonhos. Muitas vezes por estarem grávidas as mulheres acham que devem adiar decisões importantes nos negócios ou mesmo o sonho de empreender. O que passa na cabeça é claro, o medo de não conseguir dar conta de um bebê e da rotina de uma empresa. As restrições de tempo e dinheiro assustam, mas por outro lado, fazem a gente pensar em novos caminhos. É essencial aproveitar e dedicar tempo ao seu filho que vai chegar e precisar tanto de você. Mas pra ele também será muito importante sentir sua mãe feliz e ativa em busca do que deseja.

Não vou te dizer que é fácil, você pode não ir tão rápido quanto gostaria para seu objetivo, mas pode dar sim muitos passos importantes. A gravidez não deve ser uma barreira para a empreendedora mas algo que sirva como um impulso a mais. Motivação extra para realizar seus sonhos, fazer sua empresa dar certo e construir uma vida melhor para você e seu filho.

Gostou do artigo? Está precisando de ajuda para começar seu negócio? Quer ajuda para divulgar sua empresa? Conheça as soluções para as Mães Empreendedoras:

Cursos para Mães Empreendedoras 

Envie um e-mail para mim: maria@maesempreendedoras.net.br

Sobre a autora

Maria Cristina Bernardo

 

Mãe do Guilherme, do João e da Júlia. Pedagoga, Especialista em Sustentabilidade e Gestão de Pessoas, Blogueira . Mãe empreendedora que vem enfrentando há 9 anos todos os desafios de trabalhar em casa.

 

Fonte de imagens: Google

Clique aqui e receba dicas e conteúdos pra te ajudar com seu negócio e ainda conheça nossas empresas parceiras do Clube Mães Empreendedoras.

Anúncios

2 comentários em “Grávida e empreendedora (ou como conseguir dar conta de tudo com um barrigão)

O que você achou? Deixe seu comentário aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s