20 ideias de negócio para mães que querem trabalhar em casa pela Internet

Se você precisa ganhar um dinheiro extra para ajudar nas despesas de casa ou está buscando uma nova carreira que permita maior flexibilidade de horários e estar mais presente na vida dos seus filhos, um trabalho online pode ser a solução que você tanto procura.

O mercado de trabalho nem sempre é um lugar amigável para as mulheres com filhos pequenos. Ser mãe empreendedora pode ser uma opção para aquelas que buscam um maior equilíbrio entre a vida pessoal e profissional. Sempre repito aqui no blog e nos encontros da Oficina de Ideias que abrir um negócio na internet não significa ganhar dinheiro fácil.

Ser mãe empreendedora significa trabalhar muito, ser responsável e fazer tudo bem feito. Mas também ter um trabalho que te permita fazer seus horários para estar presente quando a sua família precisar de você. Conheça 20 ideias de negócio para mães que querem empreender online.

20 ideias de negócio para mães que querem trablhar em casa pela Internet

1. Digitalização e gestão de documentos

Pequenas empresas e profissionais liberais dedicam boa parte do seu tempo para organizar a papelada gerada pelo seu negócio. Profissionais especializados podem ser duplamente úteis para esses clientes; pois, além de livrá-los de uma atividade indesejada, permitem que eles se dediquem mais as atividades lucrativas de seus negócios.

2. Secretária remota

Controlar a agenda, atender telefonemas, acompanhar o e-mail… tudo isso pode ser feito por uma secretária remota ou assistente virtual. As vantagens para quem contrata são muitas: menor custo, não ocupa espaço no escritório e maior privacidade no trabalho. Para a profissional que presta o serviço algumas vantagens são: poder atuar para vários clientes ao mesmo tempo, não ter de pegar trânsito todos os dias e flexibilidade de horário. Você vai precisar de um telefone, um computador e cantinho sossegado da sua casa para começar a empreender.

3. Aulas de idiomas

Para você que é fluente em algum idioma estrangeiro e possui conhecimento para ensinar outras pessoas, aulas via Skype podem ser uma ótima oportunidade de negócio. Profissionais corporativos e até outras mães empreendedoras que estão em casa durante o dia podem ser a sua clientela inicial.

4. Loja online

Esta é a opção mais comum entra as minhas clientes. Abrir uma loja virtual é o sonho de muita gente. Mas não é tão simples quanto parece. Para ter um e-commerce precisa ter muito planejamento e definir com muito critério aquilo que você vai vender, em que nicho vai atuar e como vai se diferenciar da concorrência.

Divulgar a sua loja na internet e nas redes sociais e fazer com que as pessoas comprem com você é que vai definir o sucesso do seu negócio. Buscar ajuda de profissionais qualificados pode te ajudar.  (Veja mais nos serviços de Marketing Digital para Mães Empreendedoras)

5. Consultoria jurídica

Advogadas não deixam de ser advogadas só porque ficaram grávidas. Aproveite sua experiência para auxiliar pequenas empresas e pessoas físicas em questões jurídicas preventivas como assinatura de contratos, direitos do consumidor e direitos trabalhistas. O compartilhamento de documentos online e ferramentas como o Whatsapp podem lhe permitir resultados até melhores do que em um escritório convencional.

6. Escritora e jornalista

Conteúdos digitais, artigos de blog, livros e peças publicitárias são produtos que podem ser criados por escritoras e jornalistas digitais.
Organizar jornais e revistas dedicados a conteúdos específicos como um bairro ou uma atividade profissional também podem ser boas oportunidades.

7. Corretora Air BnB

Você pode começar gerindo um quarto ou imóvel próprio. Amigos e familiares podem ser convertidos em clientes iniciais. A partir daí não há mais limites…
Manter um alto padrão de atendimento e diferenciais de conforto e facilidades para os seus hóspedes farão de você uma referência na sua cidade.

8. Web Designer

A demanda por conteúdos gráficos e produção de vídeos está sempre em alta na internet. Todo o trabalho acontece em seu home office e você pode atender clientes de todo o Brasil e até do exterior. Ser pontual nos prazos e atender bem os clientes é fundamental.
Existem diversos sites nacionais e estrangeiros onde você pode divulgar o seu trabalho e se candidatar a projetos como freelancer.

9. Apoio escolar

A internet também pode ser usada para auxiliar crianças com dificuldade na escola. Aulas podem ser conduzidas via computador, tarefas podem ser compartilhadas em tempo real com comodidade e segurança.

10. Consultoria financeira

Gerir o resultado financeiro de negócios, fluxo de caixa e impostos a pagar… esse é o pesadelo de muitos empreendedores brasileiros. Receber ajuda profissional pode ser a diferença entre o sucesso e o fracasso de um empreendimento.
Algumas famílias também vêm buscando ajuda para colocar as finanças em dia e cuidar do seu patrimônio da maneira adequada também.

11. Orientação para pequenas reformas

Arquitetas e engenheiras também podem continuar atuando em sua área enquanto acompanham o crescimento dos filhos. Essas profissionais podem tornar a reforma de seus clientes mais baratas e mais seguras criando projetos online. Algumas mulheres também preferem ser atendidas por outras mulheres quando tratam de assuntos relacionados a reformas e construções.

12. Papelaria personalizada

A papelaria personalizada vem crescendo como tendência em festas e eventos. Você pode atender pequenas festas em casa ou na escola, ou até grandes eventos como casamentos e festas de empresas. Oferecer uma arte customizada para o cliente além de um bom atendimento online é o que vai fazer toda a diferença.

13. Tradução

Empresas estrangeiras que atuam no Brasil e empresas locais que desejam exportar seus produtos possuem uma demanda contínua por tradução de documentos, manuais, transcrição de conversas e tradução simultânea em eventos.
Bares, restaurantes e pequenas empresas também podem demandar estes serviços quando localizadas em áreas turísticas ou aquelas com grande concentração de profissionais estrangeiros.

14. Programação

Softwares específicos para determinados tipos de empresas, sites personalizados, aplicativos, mecanismos de buscas… são infinitas as possibilidades para esse tipo de profissional.
Foco e uma definição clara do seu público alvo são fundamentais para se obter resultados positivos.

15. Guia da cidade

Passeios, shows, restaurantes… quem nunca consultou um blog antes de decidir o que fazer em um final de semana? Uma dica importante para as empreendedoras desse ramo é ser muito específica, mas muito mesmo. Neste caso nicho é tudo. Um exemplo é o Roteiro Baby Niterói, guia de diversão para as crianças e famílias que faço aqui na cidade onde moro.

16. Cardápio saudável

Muitos pais se preocupam com a alimentação dos filhos, mas não sabem como oferecer um cardápio saudável e interessante para as crianças. Seja paras as refeições diárias, seja no lanchinho da escola. A empreendedora pode oferecer as receitas, o cardápio e até uma estimativa de custos. Especializar-se em cardápios especiais para pessoas com restrições alimentares como alergias, diabetes e idosos é outra grande oportunidade. Este tipo de negócio é ideal para nutricionistas e chefs de cozinha.

17. Brechó online

A venda de roupas e artigos usados ganhou um novo fôlego com a crise financeira. Livros, roupas, móveis… tudo que pode ser útil para alguém pode ser vendido em um brechó. O importante é ter um segmento de mercado bem definido e pensar no custo do frete dos produtos.

18. Clube de compartilhamento

Muitos objetos que compramos passam boa parte do tempo parados nos armários ou esquecidos em algum canto da casa. Uma boa oportunidade para ganhar algum dinheiro são os clubes de compartilhamento. Ferramentas, brinquedos e utensílios domésticos são exemplos de artigos que compramos e usamos pouquíssimo. O clube pode cobrar uma pequena taxa de inscrição que irá remunerar a empreendedora e a disponibilização de um item para ser compartilhado. O membro do clube pode pegar um item de cada vez, quantas vezes quiser.

19. Vendas digitais

Vender, vender, vender… Esse é o desejo de todas as empreendedoras. Saber vender é um talento que não pode ser desperdiçado. Você pode atuar como representante comercial de marcas de terceiros ou ser uma vendedora independente. Não há o que não possa ser vendido na internet. Imóveis, carros, perfumes, bijuterias, seguros… Seja qual for a sua área de atuação você poderá continuar fazendo as suas vendas usando um computador ou celular.

20. Promotora de eventos

Divulgar e organizar feiras, peças de teatro, festas e muitas outras atividades. Esse é o objetivo de uma produtora. As redes sociais são a ferramenta de trabalho desta empreendedora que pode divulgar eventos de terceiros ou os suas próprias produções.

Gostou do artigo? Está precisando de ajuda para começar seu negócio? Quer ajuda para divulgar sua empresa? Conheça as soluções para as Mães Empreendedoras:

Cursos para Mães Empreendedoras 

Envie um e-mail para mim: maria@maesempreendedoras.net.br

Sobre a autora

Maria Cristina Bernardo

 

Mãe do Guilherme, do João e da Júlia. Pedagoga, Especialista em Sustentabilidade e Gestão de Pessoas, Blogueira . Mãe empreendedora que vem enfrentando há 9 anos todos os desafios de trabalhar em casa.

 

Fonte de imagens: Google

Clique aqui e receba dicas e conteúdos pra te ajudar com seu negócio e ainda conheça nossas empresas parceiras do Clube Mães Empreendedoras.

Anúncios

5 thoughts on “20 ideias de negócio para mães que querem trabalhar em casa pela Internet

  1. O trabalho em casa é o sonho de muitas pessoas! Eu mesmo trabalho em minha casa apenas dando suporte online. Minha rotina basicamente é: Levanto a hora que eu quero mas geralmente levante cedo por volta das 07:30. Tem dias que levanto mais tarde tipo umas 09:30. Tomo o meu café, faço minha leitura bíblica, ligo o meu notebook em minha varanda, respondo e-mails, whatsapp e etc. Paro a hora que quero pra dar uma relaxada, tomar uma aguá, ir ao banheiro ou até mesmo sair para ir ao supermercado ou ao shopping pois pelo meu celular eu consigo dar continuidade ao trabalho. Isso é muito mais muito bom porque você tem mais tempo pra você e suas família. Sem dizer que os meus ganhos depende só de mim e não fico preso a uma salário e muito menos tendo que ouvir asneiras de patrão ou chefes mau educados e se estressando. Trabalho geralmente de 2 a 3 horas por dia. Também montei um sistema de vendas online onde todo o processo é automático. Quem quiser conhecer alguns desses projetos acesse: http://www.maquinaderendaonline.com/blog

    Curtido por 2 pessoas

  2. Fazer escolhas nunca é fácil e durante um bom tempo optei em construir uma carreira e perdi algumas etapas dos meus filhos. Hoje o mais velho está com 13 anos e a “pequena” com 8 e vejo que chegou o meu momento de empreender. Parabéns pela iniciativa!!!

    Curtido por 1 pessoa

O que você achou? Deixe seu comentário aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s