5 atitudes que podem estar atrapalhando o crescimento do seu negócio

Você já se pegou pensando por que seu negócio não vai pra frente? Você trabalha duro como mãe empreendedora, tem um bom produto e boas ideias. Você já tentou vários projetos diferentes. Suas tentativas sempre começam bem, mas aí algo acontece. Algo empaca e seu negócio não consegue aumentar as vendas e ganhar o dinheiro que você precisa. Já pensou que talvez suas atitudes sejam o problema?

Não entre em pânico! Todas nós temos momentos ruins de vez em quando. O importante é descobrir o que estamos fazendo de errado e eliminar das nossas vidas. Para pensar um pouco mais sobre isso, veja agora 5 atitudes que podem estar impedindo que sua empresa cresça pra valer:

#1-Você não consegue faturar mais do que já ganhou no passado.

Quando você tira do papel uma boa ideia e consegue transformá-la no seu negócio acontece um crescimento muito rápido nos primeiros meses. Você faz R$500 no primeiro mês, R$1000 no segundo, R$2000 no terceiro…Você ainda não ficou rica, é claro, mas já dá pra perceber que existe algo muito bom acontecendo. Negócios que existem há mais tempo crescem mais devagar, mas precisam continuar melhorando seus números mês a mês.

Se o seu negócio não consegue melhorar e você se encontra travada em um determinado valor, veja se esse valor é muito parecido com o salário que você ganhava quando tinha um emprego fixo. Esse valor pode estar registrado na sua cabeça e fazer você relaxar quando consegue atingí-lo. Fuja dessa armadilha! Se obrigue a conseguir cada vez melhores resultados. Se você trabalha sozinha, marque uma conversa com uma pessoa próxima para que você apresente seus resultados. Pode ser a mãe, a irmã, a amiga, o marido… O importante é que seja uma pessoa que você respeite e que seja sincera e crítica. O objetivo aqui não é alguém pra te dar colo, mas o contrário. Fazer com que você se motive a conseguir resultados melhores toda semana e não chegar no encontro sem nada de bom para apresentar.

#2 Você não consegue vender mais produtos.

Não acredite em coincidência, azar… Se suas vendas ficam girando em torno de determinado valor, você tem um problema. Eu passei por isso em uma das minhas empresas no passado. Houvesse chuva ou sol eu recebia 10 encomendas por semana. Poderia ir uma hora para 11, depois eu fazia 9 e não saía disso. Demorei algum tempo para descobrir o óbvio: Produtos devem ser vendidos!

Não espere que as pessoas entrem na sua loja gostem de alguma coisa e se animem a entregar o dinheiro delas para você. Seja ativa nas vendas. Entre em contato com os clientes, faça propaganda, peça ajuda da família e dos amigos. Não se acomode de jeito nenhum. No meu caso eu resolvi dar uma mudada no site, fazer anúncios no Facebook e Google Adwords e fazer ofertas para os clientes antigos por e-mail. Funcionou! E é uma estratégia que muitas mães empreendedoras podem e devem usar nos seus negócios.  (Se precisar de ajuda, confira os serviços de Marketing Digital para Mães Empreendedoras)

#3 Você cria conflitos sem motivo quando as coisas estão indo bem.

Você consegue um novo cliente, lança um novo produto e está tirando uma boa grana. Você está vivendo no paraíso… até que o mundo resolve surtar. Seus clientes passam a reclamar de tudo, seu sócio começa a discordar de você, sua equipe não faz mais nada certo, até seus filhos começam a dar defeito.Parece que todas as pessoas do mundo se voltaram contra você. Se este é o seu caso, provavelmente foi você, e não o mundo, que deu uma pirada. Algumas vezes acontece. O sucesso (mesmo que pequeno) pode nos subir a cabeça. Além disso, a vontade de acertar e a responsabilidade de ter outras pessoas dependendo financeiramente de você podem estressar e deixar as coisas mais confusas.

Outras coisas que você deve ter em mente: Os produtos são feitos por você para os seus clientes. Entregue o que eles desejam e deixe-os felizes. Não tente forçá-los a aceitar o que não pediram. Confie nas pessoas que gostam de você e que querem ou precisam que seu negócio dê certo. Se uma dessas pessoas diz que você está errada, respire fundo, não se altere e pense sinceramente se ela pode ter razão. Peça ajuda. Pergunte se ela tem alguma sugestão do que você precisa mudar. E quando o estresse toma conta, a minha dica é: Relaxe! Coloque a cabeça no lugar e reserve um período do dia para você se cuidar e ficar com a sua família sem falar de trabalho. Aos poucos, a cabeça entra em ordem e tudo volta pro lugar.

#4 Você nunca põe dinheiro no seu negócio.

Você faz alguns cursos, compra uns livros e até participa de um grupo na internet, mas comprar aquela câmera que te ajudaria a montar um site incrível só quando o negócio tiver crescido mais um pouquinho. Um logo profissional? Quem sabe mais tarde. Você paga R$200 em algo para o seu filho, mas colocar R$200 em propaganda nem pensar? Esse seu comportamento pode estar boicotando o seu negócio.

Um negócio é como um filho. Para crescer saudável ele vai precisar do seu tempo , da sua dedicação e do seu dinheiro. Simples assim. Não basta amar o que você faz. Tem que botar dinheiro para testar novos produtos, anunciar seu negócio, comprar equipamentos. Não tem jeito. É claro que não dá pra jogar dinheiro fora, mas se você souber se planejar e conseguir identificar equipamentos ou serviços que podem te ajudar a ganhar muito mais dinheiro você não pode ter medo de investir. (Se estiver precisando de apoio para se planejar, conheça como posso te ajudar aqui.)

#5 Você simplesmente abandona seus projetos 

Você estuda muito, faz um planejamento maravilhoso, tem todos os passos na cabeça e nada! Você deixa essa ideia esquecida, se perde na rotina e nunca mais retoma esse assunto. Ou então você chega a colocar a ideia em prática, tudo vai indo bem até que você desiste. Seu livro fica quase pronto, você quase fechou aquela venda, você quase acabou aquele webinar. Em outros casos, você sempre esquece de responder e-mails dos clientes até ser tarde demais ou deixa que os problemas de outras pessoas te façam deixar o trabalho de lado.

Além dos seus pensamentos, às vezes é o seu corpo que tenta te boicotar. Quem nunca ficou doente no dia de um compromisso? Perdeu a voz ou teve uma crise alérgica na hora de falar com um cliente? Algumas pessoas não conseguem se organizar outras têm pânico de se colocar a prova. Ficam sempre pensando: “E se não der certo?”. Bem se você não levar a coisa até o final, nunca irá saber.

Não desista de seus projetos, dê um passo a mais, leve adiante o que você começou. Empreender exige paciência. Os resultados aparecerão com o tempo.

Gostou do artigo? Está precisando de ajuda para começar seu negócio? Quer ajuda para divulgar sua empresa? Conheça as soluções para as Mães Empreendedoras:

Cursos para Mães Empreendedoras 

Envie um e-mail para mim: maria@maesempreendedoras.net.br

Sobre a autora

Maria Cristina Bernardo

 

Mãe do Guilherme, do João e da Júlia. Pedagoga, Especialista em Sustentabilidade e Gestão de Pessoas, Blogueira . Mãe empreendedora que vem enfrentando há 9 anos todos os desafios de trabalhar em casa.

 

Fonte de imagens: Google

Clique aqui e receba dicas e conteúdos pra te ajudar com seu negócio e ainda conheça nossas empresas parceiras do Clube Mães Empreendedoras.

Anúncios

4 thoughts on “5 atitudes que podem estar atrapalhando o crescimento do seu negócio

O que você achou? Deixe seu comentário aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s