Como separar as finanças pessoais e do seu negócio

Seja por informalidade ou por comodidade é muito comum ter as contas pessoais misturadas com as contas da empresa. Quando uma mãe se torna uma mãe empreendedora são tantas as providências que precisam ser tomadas, que muitas vezes essas questões práticas referentes a administração do negócio acabam ficando para segundo ou terceiro plano.

Realmente tratar as finanças pessoais e os negócios em uma única conta é mais cômodo e aparentemente mais fácil de controlar. Digo aparentemente porque vai chegar um momento que será necessário separar as duas coisas. Mesmo não sendo assim tão simples quanto parece, vale o esforço para fazer essa organização.E se essa separação for feita logo no inicio do negócio, tudo fica muito mais fácil.

Segue abaixo algumas dicas que podem te auxiliar neste processo para separar as finanças pessoais e do seu negócio:

  • Faça uma lista das despesas e receitas pessoais e outra das despesas e receitas da empresa;
  • A partir das informações listadas, monte uma planilha para as contas da empresa e outra para as suas contas pessoais. Ou se preferir faça somente uma planilha, mas que te mostre as duas contas separadamente.
  • Tenha uma conta pessoa jurídica (se seu negócio ainda é informal, utilize uma conta pessoa física somente para este fim);
  • Caso você não tenha uma boa relação com o Excel, você pode utilizar algum sistema online, como o Conta Azul por exemplo;
  • Estabeleça um valor X de pro-labore mensal para você;
  • Tenha controles de fácil entendimento, que dê as respostas que você precisa.
  • Se necessário, peça ajuda de um profissional.

Tenha sempre em mente que com uma gestão financeira equilibrada e organizada você saberá qual o lucro real da sua empresa, precificar seus produtos, terá maior controle sobre seus investimentos e irá conseguir fazer projeções mais assertivas para o futuro. Você terá uma visão da situação financeira do seu negócio e também poderá controlar melhor suas finanças pessoais, saberá para onde está indo o seu dinheiro e o que pode ser reduzido.

E se você é daquelas que acha que sua empresa é muito pequena, que não precisa de tanta organização assim, sinto dizer que você está errada. Organização financeira é necessária para qualquer tipo de negócio, seja ele micro, pequeno, médio, grande e até a venda de porta em porta. Organização é a chave para se dar bem nas finanças da empresa e nas finanças pessoais.

Colunista convidada: Gabriele Rech

Sócia Consultora na empresa Aplica Gestão e Qualidade e Proprietária na empresa Blend Coworking.

Editoria: Maria Cristina Bernardo

Gostou do artigo? Está precisando de ajuda para começar seu negócio? Quer ajuda para divulgar sua empresa? Conheça as soluções para as Mães Empreendedoras:

Cursos para Mães Empreendedoras 

Envie um e-mail para mim: maria@maesempreendedoras.net.br

Fonte de imagens: Google

Clique aqui e receba dicas e conteúdos pra te ajudar com seu negócio e ainda conheça nossas empresas parceiras do Clube Mães Empreendedoras.

 

Anúncios

O que você achou? Deixe seu comentário aqui

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s